Publicações

Buscar Publicação

Buscar: Buscar por: Título Resumo Autor Palavra-Chave

Categoria:

EFEITOS DE ESTÍMULOS COGNITIVOS E FÍSICOS NA MEMÓRIA E FUNÇÃO EXECUTIVA DE IDOSAS CUIABÁ, MT 2017

Autor: ALICE MILANI NESPOLLO

Categoria: Dissertações 2017

Palavras-chave: Idoso; Cognição; Estudos de Intervenção

Resumo:

 Avaliar a memória e função executiva de idosas participantes de um programa de atividades físicas expostas a uma estimulação cognitiva associada à prática de Taigeiko comparando com um grupo exposto ao Taigeiko isoladamente. Metodologia: Estudo quase-experimental, realizado na Universidade Federal de Mato Grosso, de fevereiro a julho/2016, com 16 idosas de um programa de atividades físicas. Incluídos: sexo feminino; 60-79 anos; matriculados pela primeira vez no programa; cognição preservada (Mini Exame do Estado Mental - MEEM); sem sintomas depressivos (Escala de Depressão Geriátrica - GDS-15). Excluídos: presença de antecedentes neurológicos; uso de psicotrópicos; limitações auditivas/visuais/motoras. Avaliações cognitivas: Teste de Aprendizagem Auditivo-Verbal de Rey (RAVLT); Figuras Complexas de Rey; Teste de Trilhas; Teste de Stroop; Teste de Span de Dígitos e Teste de Fluência Verbal Semântica categoria animais, anterior (pré-teste) e posteriormente (pós-teste) à intervenção. Formaram-se dois grupos: experimental (GE), exposto à prática de estimulação cognitiva e Taigeiko; e controle (GC), exposto ao Taigeiko isoladamente. Análises: realizadas no programa SPSS 17.0 pelos Testes t para amostras dependentes e independentes; Teste de Postos com Sinais de Wilcoxon; Teste de U-Mann Whitney e Coeficiente de Correlação de Spearman. O nível de significância foi de p<0,05. Pesquisa aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFMT, nº 1.372.054. Resultados: Apresentados na forma de três manuscritos. O primeiro determinou as características dos idosos participantes do programa de atividades físicas, com idade média de 66,6 anos, 94,4% sexo feminino, 50,8% escolaridade >11 anos, 86,3% possuíam doenças e 85,5% utilizavam medicamentos regularmente. Quanto ao álcool, 32,3% consumiam regularmente. Em 37,1% e 10,4% dos idosos evidenciaram-se alterações cognitivas e sintomas depressivos, respectivamente. O segundo manuscrito correlacionou o desempenho da memória com condições de saúde de 24 idosas e encontrou: escolaridade e memória imediata (r=0,49; p=0,008); evocação tardia e memória de reconhecimento com memória imediata (r=0,71; p<0,001 e r=0,43; p=0,021) e memória de reconhecimento com evocação tardia (r=0,47; p=0,012). Não houve correlação entre percepção de saúde e o teste neuropsicológico. O terceiro verificou se a prática isolada do Taigeiko promove a melhora do desempenho da memória e da função executiva e comparou o desempenho dessas funções entre os dois grupos de intervenção. Considerando o pré e pós-teste, o GE apresentou diferenças no total de aprendizagem da lista A (RAVLT) (t=-3,77 p=0,004) e no tempo do primeiro cartão do Teste de Stroop (z=-2,50 p=0,012). O GC obteve diferença na evocação tardia (RAVLT) (t=-4,74 p=0,005) e na quantidade de erros no cartão dois do Teste de Stroop (z=-2,26 p=0,024). Não houve diferença significativa entre as intervenções aplicadas. Conclusões: Os achados vão ao encontro da literatura diferindo em relação aos aspectos cognitivos mais prevalentes, e de condições mentais que apresentaram-se inferiores a outras investigações. As correlações reforçam que a identificação das alterações de memória e sua relação com as condições de saúde podem auxiliar na prevenção do declínio cognitivo. O Taigeiko demonstrou potencialidade na obtenção de ganhos cognitivos, e quando comparados os tipos de intervenções, o GE obteve maior acréscimo nas médias dos testes em relação ao GC, sem significância estatística.

Download: Clique aqui para realizar o download

ANÁLISE DO BEM-ESTAR MATERNO E DA ASSISTÊNCIA PRESTADA EM UMA UNIDADE DE PRÉ-PARTO/PARTO/PÓS-PARTO IMEDIATO

Autor: ALINE SPANEVELLO ALVARES

Categoria: Dissertações 2017

Palavras-chave: Parto Humanizado. Humanização da Assistência. Bem-estar Materno

Resumo:

 O século XX foi marcado pela ocorrência de mudanças paradigmáticas em relação à forma de condução do parto. Devido ao surgimento e uso indiscriminado de práticas intervencionistas, o parto normal deixou de ser concebido como um evento fisiológico natural, passando a ser compreendido como um acontecimento que requer intervenções de diferentes ordens, como cirúrgicas e medicamentosas, fato que determinou repercussões diversas na sociedade, como o surgimento de inúmeros questionamentos, pela comunidade científica, sobre essa questão. Desta forma, o presente estudo objetivou analisar o bem-estar materno em situação de parto e a assistência proporcionada às parturientes em uma Unidade de Pré-Parto/Parto/Pós-parto Imediato de um Hospital Universitário de Cuiabá, Mato Grosso. Estudo descritivo transversal, de abordagem quantitativa, abrangeu partos normais ocorridos no período de junho a setembro de 2016, totalizando 104 parturientes. Os dados foram coletados com a aplicação de um instrumento de coleta de dados com questões relativas à identificação e dados socioeconômicos, antecedentes obstétricos, dados obstétricos relacionados ao transcurso do parto atual, dados relacionados ao recém-nascido, os quais foram coletados através de entrevista com a puérpera e através de dados do prontuário e, por fim, aqueles relacionados ao bem-estar destas mesmas mulheres. Para coleta dos dados relacionados ao bem-estar da mulher, foi utilizada a Escala de Bem-estar Materno em Situação de Parto, esta foi produzida por enfermeiras obstétricas chilenas e adaptada culturalmente e validada suas propriedades psicométricas para a língua portuguesa através da tese de doutorado de Jamas (2013). Para a análise dos dados, foram utilizadas análises descritivas, bivariadas e regressão logística, por meio do programa Epi-Info, versão 7.0. O projeto foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Júlio Müller, com aprovação final 1.571.789, no dia 2 de junho de 2016. Os resultados mostraram que muitas práticas consideradas humanizadas foram realizadas, no entanto, tecnologias invasivas também foram detectadas. Em relação ao bem-estar, 76% das mulheres apresentaram ótimo bem-estar. As variáveis que apresentaram associação estatisticamente significante com os resultados da Escala de Bem-estar Materno em Situação de Parto foram: tecnologias não invasivas, amniotomia, posição para o período expulsivo e contato pele a pele. Frente ao exposto, nota-se que os resultados referentes às práticas humanizadas, realizadas no hospital em questão, foram satisfatórios, no entanto, é necessário ainda que algumas práticas sejam revistas.

Download: Clique aqui para realizar o download

FATORES FAMILIARES ASSOCIADOS À OCORRÊNCIA DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

Autor: ANA LUIZA RABELLO DA SILVA

Categoria: Dissertações 2017

Palavras-chave: Características familiares; Relações familiares; Gravidez na adolescência

Resumo:

 Considera-se a adolescência como um período da vida construído socialmente, cujo extrapola a concepção de um desenvolvimento meramente natural. A construção dessa identidade desperta nos jovens a ansiedade e a curiosidade que, associadas à pouca experiência de vida e orientação inadequada sobre métodos contraceptivos, podem expor os mesmos a situações como a ocorrência da gravidez. Reconhecendo a família, como o primeiro grupo social de contato e sua capacidade de estabelecer padrões morais e sociais de comportamento; este estudo objetivou analisar os fatores familiares associados à ocorrência da gravidez na adolescência. Trata-se de um estudo caso-controle, com abordagem quantitativa, realizado com 74 gestantes adolescentes (casos) e 74 gestantes adultas jovens sem histórico de gravidez na adolescência (controles). Os locais de estudo foram unidades de Estratégia de Saúde da Família do município de Cuiabá-MT. Os dados foram coletados a partir de entrevistas direcionadas por um questionário semiestruturado e dois instrumentos validados; a Escala de Responsividade e Exigência Parental e APGAR Familiar. O período da coleta compreendeu aos meses de agosto a outubro de 2016. Na análise dos dados, foram utilizadas as estatísticas descritivas e inferenciais, por meio do software EpiInfo versão 7. Para determinação da força da associação, calculou-se a OddsRatio (OR) e o seu intervalo de confiança a 95% (IC95%). Os dados do estudo evidenciaram associação (p<0,05) entre a gravidez na adolescência e a ausência da figura parental biológica, tempo de convivência com o substituto inferior a 5 anos e mães que trabalham fora de casa; assim como, pertencer às famílias não nucleares no período da infância e/ou adolescência; estilos parentais não autoritativos e jovens que não se sentem satisfeitas com a família nos componentes apoio e afeto. A partir deste estudo ressaltou-se que a família exerce forte influência na ocorrência da gravidez na adolescência, atuando ora como fator de risco, ora de proteção. Considerou-se no estudo a composição, organização e relações familiares, no entanto, os dados revelaram que o contexto de inserção das jovens e suas famílias e a capacidade de resiliência das jovens, também se constituíram fatores determinantes no evento. Assim, apontou-se a importância dos trabalhos dos profissionais de saúde realizados junto à família.

Download: Clique aqui para realizar o download

VALIDAÇÃO DE PERFIL DE COMPETÊNCIAS NA FORMAÇÃO – PERSPECTIVA DE ENFERMEIROS DA ÁREA PROFISSIONAL Dissertação

Autor: ANDREIA CORREIA DE SOUZA CIOFFI

Categoria: Dissertações 2017

Palavras-chave: Competência Profissional. Enfermagem. Estudos de Validação

Resumo:

 A pesquisa teve como objetivo geral validar o conteúdo de um perfil de competências para a formação do enfermeiro nas áreas de atenção à saúde, administração e gerenciamento, educativa, produção de conhecimento e seus critérios de avaliação, que são desempenhos a serem observados no formando. Os objetivos específicos abrangeram reformular o perfil tomando por base contribuições dos enfermeiros avaliadores (juízes especialistas e pares) e analisar como esses atores compreendem as áreas de competência que permeiam a atuação desse profissional. Trata-se de estudo de métodos mistos, do tipo convergente, com abordagem quanti-qualitativa, realizado em três hospitais de Cuiabá-MT, utilizando o referencial conceitual de competência profissional. Estipulou-se para a validação de conteúdo o nível de concordância igual ou maior que 70%, e a coleta de dados ocorreu por meio da técnica Delphi e questionário virtual contendo o perfil de competências, no programa SurveyMonkey, enviado por e-mail aos participantes. Foi desenvolvido em duas etapas: a primeira de validação por juízes especialistas, em número de 28; e a segunda pelos pares, em número de 72. Em ambas, foi alcançado consenso maior que 70%, em uma única rodada Delphi. Para análise dos dados, utilizou-se a análise de métodos mistos adaptada de Creswell e Clark. A análise quantitativa constou de estatística descritiva simples; e para avaliação de concordância, calculou-se o Índice de Validade de Conteúdo (IVC) e o teste binominal. A análise qualitativa feita por embasamento na literatura, referencial conceitual de competência profissional, e análise de conteúdo do tipo temática. Como resultados da primeira etapa, a competência atenção à saúde e critérios de avaliação foi aprovada com 93%; a competência administrativa e gerencial e critérios de avaliação com 95%; a competência educativa e critérios de avaliação com 95%; e a competência produção de conhecimento foi validada com 92%. Com base nas contribuições dos juízes especialistas, o perfil sofreu alterações, obtendo-se a segunda versão da matriz de competências, que novamente foi submetida à validação de conteúdo, desta vez com os pares, na qual a competência atenção à saúde e critérios de avaliação foi aprovada com 97%; a competência administrativa e gerencial e critérios de avaliação com 95%; a competência educativa e critérios de avaliação com 98%; e competência de produção de conhecimento e critérios de avaliação com 91%. Procedeu-se, então, à nova reformulação do perfil de competências a partir das contribuições dos pares, resultando na terceira e última versão. Conclui-se que o perfil de competências validado pode ser utilizado em diferentes contextos do país e implementado no PPC do Curso de Graduação em Enfermagem da FAEN/UFMT. Os enfermeiros concebem a importância da mobilização das quatro áreas de competências na prática, porém apontam diversas dificuldades para implementá-las no ambiente laboral. Vislumbra-se a necessidade de discussões e de sólida articulação do tema competências profissionais entre a formação e o exercício profissional do enfermeiro.

Download: Clique aqui para realizar o download

EXPERIÊNCIA FAMILIAR DE CUIDADO A JOVEM COM DEFICIÊNCIA VISUAL

Autor: MARIANA ROBERTA CARDOSO BARBOSA

Categoria: Dissertações 2017

Palavras-chave: Cuidado Familiar, Deficiência Visual; Normalidade; Vulnerabilidade; Ressignificações; Potencialidade; Enfermagem; Atividades Cotidianas

Resumo:

 Concebemos que a família é unidade primaria de cuidado, sendo responsável por produzi-lo e gerencia-lo no cotidiano, sendo assim, unidade fundamental no cuidado “da, na e para” a vida. O cuidado ofertado é modelado de acordo com as necessidades demandadas, a produção deste, conta com a participação de cada ente em seu modo próprio de cuidar, em algumas vezes, necessitando de rearranjos no cotidiano familiar para permitir a oferta do melhor cuidado. Objetivamos compreender a experiência familiar de cuidado a jovem que vivencia a deficiência visual. Pesquisa compreensiva com abordagem metodológica do Estudo de Situação. Empregamos a História de Vida (HV), conduzida pela Entrevista em Profundidade (EP) e a Observação. A família participante é constituída por Jéssica, que vivencia deficiência visual total desde os seis meses de idade, sua mãe Gabriela, seu padrasto Rodrigo, seus irmãos Alexandre e Renato e sua tia Estefani. A recolha dos dados foi realizada de abril a outubro de 2016, totalizando quatro encontros. O material empírico, composto pela transcrição das narrativas e os registros de observação, foi organizado no Diário de Pesquisa compondo o corpus de análise desse estudo. Realizamos leituras atentas das entrevistas e colorimos as narrativas de modo diferenciado para cada eixo de sentido. A partir dos relevos, evidenciamos o que apreendemos da família: a) Vivência familiar de uma normalidade própria; b) Vulnerabilidades e Potencialidades: Carreira de cuidados de Gabriela; c) Situação de vida e cuidado da família de Jéssica. Tais eixos subsidiaram a compreensão dos resultados desse estudo: a) “Apresentação da família de Jéssica” por meio do Genograma, importante na compreensão da estrutura e conformação familiar, relevando as relações e a experiência familiar de cuidado; b) “Genograma em Alto Relevo: Estratégia metodológica para a compreensão das vivências de jovem com deficiência visual”, que apresenta uma das estratégias metodológicas utilizadas para a recolha dos dados com Jéssica, que além de possibilitar-nos apreender sua conformação familiar, pudemos compreender de que forma a jovem enxerga o mundo ao seu redor; c) “Vivência familiar de cuidado na experiência de normalidade própria de jovem com Deficiência Visual” traz como o cuidado familiar ofertado a Jéssica e o incentivo as suas potencialidades a possibilitaram vivenciar sua normalidade própria; d) “Significados do cuidado ao longo do vivido em família: Ressignificações das dificuldades em potencialidades” proporcionou reflexões sobre o modo como Gabriela ressignificou seu passado envolto a vulnerabilidades em potencialidades para o cuidado. O estudo possibilitou um aprofundamento teórico sobre o cuidado tecido em família, além de novas reflexões sobre normalidade própria, ressignificações e potencialidades em meio a vulnerabilidades. Ressaltamos a importância da aproximação dos profissionais de saúde com o cuidado ofertado no bojo familiar, de modo a subsidiarem práticas mais efetivas e cuidativas, estimulando os potenciais familiares e amparando as famílias em situações de vulnerabilidade.

Download: Clique aqui para realizar o download